Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

25
Ago07

Mudanças...

Little Miss Sunshine

Amanhã mudo-me. Infelizmente não me posso mudar para outra àrea de Londres porque tenho a universidade mesmo aqui ao lado, e por muito que me facilitasse a vida (e a minha sanidade mental!) mudar-me para outro lado, para já isso vai ser impossível. Já assinei contrato, e paguei depósito o mês passado, desistir da casa para onde vou já amanhã seria cometer um suicídio, uma vez que tenho apenas 5 libras na minha conta à ordem e pouco mais.

 

Ontem passei o dia todo a entregar CVs nas cidades vizinhas e no centro comercial aqui da àrea. Saí de manhãzinha para entrar em casa lá para as sete e meia da tarde. O gajo também está na penúria, e não sabemos muito bem como é que vamos pagar a renda de Setembro, pois o cheque vai ser posto pelo senhorio no final do mês e a conta tem pouco mais que 50 libras.

 

Às vezes acho que foi um erro ter ido de férias, que isto é um castigo penoso porque eu ousei ir sem o meu gajo, depois de termos calculado as coisas todas direitinho. É que se tivessemos ido os dois para Portugal, os meus gastos teriam sido apenas metade daquilo que foram, e para eu me poder divertir (mesmo que minimamente, uma vez que quase nem saí à noite por falta de energia, paciência, sei lá...) tive de gastar um pouco mais daquilo que estava no meu orçamento.

 

Claro que a prenda de anos do meu pai ajudou, mas aqui os euros valem muito pouco e eu já vim com poucos de Portugal... As taxas de usar cartão no estrangeiro também delapidaram as minhas poupanças mais do que o previsto e agora, sem emprego, parece mesmo que o Mundo se virou contra mim e eu e o gajo já andamos amuados um com o outro - tudo por causa de dinheiro.

 

Eu, que vivi numa família onde o dinheiro era controlado a conta-gotas, e onde as discussões de dinheiro eram uma constante, começo a reviver os meus tempos de infância/ adolescência, e os meus medos materializam-se uma vez mais. Pedir ajuda está fora de questão, porque ainda tenho aquele receio de ser mal interpretada, ou mal agradecida, ou de considerar que estou a fazer algo errado se pedir ajuda, quando de facto, até nem estou...

 

Mas se me sinto assim, incapaz de levar a minha vida para a frente, depois de se ter pago tanto dinheiro por um mestrado (pago pelo namorado!), o qual vai mesmo adiante este Setembro, não entendo porque é que tenho de passar necessidade. Sinto-me uma inválida. Sinto-me isolada. Sózinha. Abandonada.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D