Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

11
Out07

Comprador-mistério!

Little Miss Sunshine

Inscrevi-me numa empresa de Marketing para me tornar na sua compradora-mistério. Compradora-mistério (mistery shopper no seu nome original) é uma pessoa que se dirige a vários estabelecimentos comerciais (bancos, supermercados, etc.) para examinar níveis de serviço, atendimento, limpeza e eficiência nos ditos estabelecimentos. 'Mistério', porque ninguém sabe (ou deve de saber) que essa pessoa lá está para fazer isso. É uma espécie de agente secreto de Marketing.

 

No final das visitas, temos de elaborar um relatório objectivo e ao pormenor para a empresa, que se encarregará de reunir todo o material de outros compradores-mistério e no final apresentará os resultados à empresa que contratou os mesmos. Para mim isto é fantástico, porque está dentro da minha àrea de estudo. Apesar de não ter carro (o que complica um pouco a minha situação), a verdade é que eles pagam £15 por visita e eu estou mesmo a precisar de cashflow aqui para os meus lados.

 

No meu trabalho esta semana só me deram 2 dias, equivalente a cerca de 10 horas e pouco, e eu estou a ver que se não arranjar algo complementar me vou lixar no fim do mês. Como sabem, o meu cartão de crédito está mais do que esgotado pelas mil e uma despesas com a universidade este mês e o mais que tudo está na mesma situação.

 

Tenho andado um pouco em baixo com esta situação, sabem como é... Parece que caí num fosso profundo e escuro e para saír de lá vai demorar tempo e vai exigir inteligência e sabedoria. Cheguei à conclusão de que não vou a um cabeleireiro há mais de um ano, não vou a um instituto de beleza desde 2004, altura em que me preparava para vir estudar aqui! Ao espelho tenho dificuldade em me olhar porque me tornei numa pessoa desleixada com o meu aspecto, engordei, estou mais velha e odeio o facto de acordar a pensar que o meu dia vai ser igualzinho ao de ontem e que não há nada de novo para acontecer num futuro imediato.

 

É como se as portas da minha vida se tivessem fechado para mim enquanto estou neste impasse académico. E apesar de ter todos os motivos para sorrir (afinal, não passo fome, tenho um tecto por cima de mim, cama e roupa lavada, um noivo que me adora), não consigo afastar as nuvens negras que se instalaram por cima da minha cabeça. Começo a questionar o sentido de tudo isto... os problemas, os stresses, o ter de contar o dinheiro cada vez que vou ao supermercado... tudo isto para quê?

 

Um dia vou eventualmente morrer e nada disto vai comigo, nada destes stresses, ou destas coisas materiais das quais eu me rodeio na vã esperança de encontrar alguma estabilidade e segurança. Não há segurança. Está tudo na nossa cabeça. E levamos a nossa vida numa rotina desgraçada, para quê?

 

Ando com problemas existênciais outra vez. Mas eu fui mesmo uma existêncialista, sempre. Na minha cabeça, os meus problemas cessarão quando eu escrever um livro e, mais tarde, tiver um filho. A àrvore já plantei. Em casa. Em Portugal.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D