Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

24
Set08

Homens!

Little Miss Sunshine

Juro que às vezes não sei se é melhor oficializar uma relação ou se é melhor deixa-la andar! Ontem imprimi para o gajo os papeis para o COA (Cerificate of Approval). É um certificado emitido pelo Home Office (que é o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras daqui) a autorizar o Siddharth a casar-se comigo, porque ele é Indiano e está aqui com visto a termo certo.

 

Decidimos finalmente começar a mover os papeis, porque só em burocracia são cerca de dois meses até tudo ficar resolvido. Tudo bem. Preenchemos o papelinho e para ele obter o certificado, vai (Vamos!) ter de desembolsar £295 libras. O certificado vai ficar mais caro que o casamento!! Enfim, cheguei a casa com os papeis - até saí mais cedo do trabalho e tudo para poder estar com ele e começarmos a preparar as coisas, porque precisamos de submeter os nossos passaportes e fotos tipo passe com os impressos.

 

Quando chego a casa o gajo diz-me que tem de se ir despedir de um amigo e que já voltava. O amigo ía para a India definitivamente, por isso não me importei muito. Vesti algo mais confortável que o fato, e esperei pelo gajo. Se eu soubesse tinha ficado no trabalho aquela meia horinha...

 

Fomos às compras. Este mês estamos mesmo na penúria. Só recebemos na semana que vem e andamos mesmo a contar os tostõezinhos, porque eu, apesar de já estar a trabalhar a full-time, ando a ganhar ordenado em 'arrears' o que quer dizer que este mês só o vou receber no fim do mês que vem... Isto tudo porque eu ainda não tenho contrato e estou a casual, paga à hora.

 

Mesmo assim comprámos comidinha do mais baratinho possível. Eu fiz sopinha, e há salada e feijão, grão e lentinhas, por isso vai-se fazendo o que se pode esta semana para se conseguir sobreviver... Não é fácil ver o gajo nesta altura a ganhar mais que eu e a ficar sem dinheiro absolutamente nenhum na conta dele, quando nem sequer pagou a parte das contas dele da casa, e eu sim... Mas já sabemos que ele é mau a gerir dinheiro. MUITO mau. MESMO muito mau...

 

Ele tem um plano para saldar as dívidas feito por mim, mas não as está a seguir minimamente. E este mês vai ter o COA, a àgua, gás, luz, renda e contribuição autárquica para pagar!! Não sei como é que se vai desenrascar. Eu já lhe disse que lhe pago 1/3 do COA, se bem que a responsabilidade é toda dele, mas como eu também estou metida ao barulho, dou-lhe quase 100 libras de avanço...

 

Enfim, e eu pus-me para aqui a falar destas coisas e não acabei aquilo que queria dizer... Depois das compras, eu pus uma batata grande no forno para fazer um 'Jacket potato,' uma comida típicamente Inglesa. Ora a batata tinha que estar no forno cerca de hora e meia. Por isso, depois de por a batata e arrumarmos as compras, o gajo nem sequer se dignou a vir comigo para o quarto para passarmos tempo juntos.

 

A desculpa dele é que estáva a procurar trabalho. Palpita-me que vou ouvir muito disto agora!!! Antes era o visto, a universidade e agora é o trabalho... bonito... Enfim, passei uma hora e meia depois do trabalho, sózinha, a ver tv no quarto. Eu, que estive no trabalho por 8 horas, ele que esteve de folga o dia todo, e nem tempo tem para estar comigo??? Tem que haver sempre alguma desculpa pelo meio?

 

Farta de estar sózinha, fui verificar a batata, e chamei-o para vir fazer a comida dele. O gajo começou a cozinhar e eu queria cozinhar com ele... Ajudei-o a fazer o refogado, pos-me a cebola a fritar e desapareceu da cozinha. Eu, que entretanto já tinha o meu jantar feito, dei por mim a cozinhar o jantar dele SÓZINHA, depois de 8 horas de stress no trabalho, depois de uma depressão ligeira a olhar para o saldo da minha conta, depois de ter passado hora e meia sózinha no meu quarto...

 

Gerou discussão que durou até às duas da manhã, comigo a ir dormir para a cama na sala. O gajo hoje ficou na cama, e eu às 7h30 tive de me levantar - que não consegui, e por isso cheguei tarde ao trabalho.

 

O que é que eu faço? Nesta altura estou-lhe com uma raiva e tudo me parece mau. Nunca atende o telefone quando eu mais preciso, nunca está disponível, e até eu acho que quem está mais a fim deste casamento sou eu, mas começo a ter reservas, porque se a minha vida de casada vai ser uma vida de incompreensão e frustração, solidão e tristeza, então só mesmo um maluco é que daria o grande salto do Miss para o Mrs.

  

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D