Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

30
Set06

Ainda inoperacional...

Little Miss Sunshine

Esta história do pé já me anda a chatear... Não me posso mexer, estou presa em casa, incha e desincha, eu já pus gelo, ervilhas congeladas, arnica, àgua com sal... bem, nada resulta. Ando a tomar cenas para as dores há 3 dias e não convém tomar mais... Para não falar dos dias que estou a perder no meu trabalho devido a esta trampa toda!

Nem eu percebo muito bem o que se passa, porque não está partido. Os tendões foram danificados, mas não há nodoas negras... Está ligeiramente negro, mas nada de especial, só que dói tanto quando mexo o pé!!!

Há por aqui algum ortopedista???

O meu gajo foi trabalhar, por isso também está fora de questão ir ao hospital, a não ser que eu arranje um amigo que não tenha mais nada que fazer e não se importe de me levar até ao Hospital (outra vez!). Mesmo assim o meu nino não tem pópó...

E pronto, tenho um dia inteiro pela frente de seca. Podia começar a fazer o relatório para apresentar dia 9 de Outubro, mas nem livros tenho. Graças a esta cena do pé, até tenho andado a prejudicar o meu trabalho na Universidade!!! Sexta era para ter ido buscar os livros à biblioteca, mas está quieto! Não fiz absolutamente nada.

Fui até ao supermercado andar um bocadinho e acabei por lixar o pé ainda mais... para não falar no dinheirinho que também gastei estúpidamente. Típico meu.

Enfim, vou-me deitar de perna ao alto... Lindo!  Nunca estive tão aborrecida na minha vida! E nem tenho tido visitas. Os meus supostos amigos nem sequer me ligam. A vida é bela.

Hasta.


...mas antes de ir, uma beijoca à Carla M. que foi hoje mamã de uma linda menina chamada Iris. Parabéns às duas.

Fui xx

29
Set06

Bruno Nogueira

Little Miss Sunshine

Estava a navegar pelos blogs do pessoal, como de costume, e eis que ao acaso cliquei num link que me levou até um site que eu nunca pensei que existisse.

O Bruno Nogueira tem um blog!

Deixem-me explicar esta fixação: O Bruno é um puto muita fixe. Antes de eu emigrar para a Inglaterra já eu curtia bués deste gajo de 1,93m! O puto é muita giro e cheio de graça. O humor dele não é um humor classificado como normal, ele fala, fala, não diz nada de jeito e por isso é que eu acho o puto giro sei lá...

Pois é, e hoje caiu-me na rifa o raio do Blog e eu pus-me a ler, e pus-me a ler e li e reli, vi o video que ele fez (partiu-me o coração, o raio do moço... onde é que já se viu cometer uma gafe de sintagma verbal como aquela que ele cometeu!!!)...

Enfim, aparte desses erros catatónicos, o Bruno parece ser gente fina... e está envolvido em alguns projectos que vale a pena espreitar... Nomeadamente comer no restaurante Fialho, em Évora. Eu ía, mas só o stress de ter de apanhar avião e depois camioneta... ele é bom, mas não merece tanto, né!

Enfim... Vale a pena lá ir espreitar.

Eu vou às compras aqui ao lado, porque o meu pé já está melhorzito e eu preciso de sair de casa - estou a dar em doida. Amanhã já devo de ir trabalhar, apesar de estar um pouco manca ainda. Ía buscar os livros que preciso para escrever o relatório para a semana que vem, só que está um dia miserável, só chove, e eu não me apetece andar aquilo tudo até à biblioteca da universidade por meia dúzia de livros.

Eu e o meu gajo também não estamos lá muito bem... Agora vejo-o umas horitas por dia, porque ele trabalha demais. Quando ele vem, jantamos juntos, vemos um cadinho de tv e quando damos por nós estamos caídos no sono já. Isso está a perturbar as coisas porque eu sinto que já não comunicamos como antes. Ele também está com umas inseguranças, que eu até compreendo, mas são infundadas.

Eu tenho andado tão aborrecida com isto do pé, o stress da uni, os trabalhos que já amontoam e o meu emprego que infelizmente não é um conto de fadas... Acabo por descarregar todas as minhas frustrações nele, coitado... Mas ele tem uma paciência de santo, eu é que sou volátil como tudo.

Enfim, espero que melhores dias virão, porque senão eu vou andar muito stressadita... Como é que se sabe que a pessoa certa é aquela que está connosco?... Eu tinha a certeza que ele era a pessoa certa para mim, mas tenho tido dúvidas ultimamente... Se calhar sou só eu, com estas tretas todas a acontecerem-me ao mesmo tempo, começo a duvidar de tudo também...

Bem, vou tomar um duche. Pareço uma sem-abrigo de pijama eu.

Jokas

28
Set06

Estou tão aborrecida.......

Little Miss Sunshine

Passei o dia todo na camazita... pé ao alto. Ainda está um pouco inchado mas já não dói tanto. Se estiver melhor melhor amanhã, a ver se dou um pulo à universidade para ir buscar os livros que necessito para escrever o relatório para a minha tese.

Bem, hoje fico por aqui, vou voltar para a cama. Jokas

27
Set06

Ferida em serviço...

Little Miss Sunshine

Passei a tarde todinha no hospital hoje. Só cheguei agora a casa. Porquê? Uma gaveta mal presa caiu mesmo em cima do meu pé. A culpa? Do sítio onde eu trabalho - e é bom que me paguem estes dias que vou estar ausente, porque a culpa não foi minha.

Eu estava bem, o meu pé estava bem, e agora os meus tendões estão danificados porque o tampo da gaveta caiu mesmo entre os meus dedinhos do pé e o meu pé. Descanso, descanso, gelo, analgésicos e lá se vai mais um dia de trabalho amanhã, que vai ser passado em casa, de pé ao alto e saco de ervilhas a cada duas horas.

Este mês tem sido uma desgraça. Primeiro o virus que me arrastou para a casa de banho durante 2 dias. Agora isto. É só chatices. Mal posso mexer o meu pé, os meus dedos estão mesmo doridos. E estive 3 horas no hospital para ser atendida. MAIS! Para a enfermeira olhar para o pé, dizer o que era, aconselhar o tratamento e mandar-me para casa... Demorou 15 minutos a fazer esse diagnóstico.

Depois os meus amigos com carro, nenhum estava disponível. O meu gajo ne carta tem, por isso também náo me podia ir buscar. Acabei por pagar 5 libras num taxi até ao meu trabalho e depois arranjei boleia de uma das filhas da minha colega. Só dou trabalhos...

Enfim... E agora cá estou eu, em casa, de pé no ar. O meu namorado vem daqui a uma hora, supostamente com papinha para mim, e amanhã não vou trabalhar. Talvez vá sábado, se isto não doer mais. Estou proibida de usar sapatos, só hawaianas.

Tenho de pôr creme de arnica também, para melhorar a circulação e aliviar os tendões.

PORQUÊ EU???

Mas pelo menos eu e o meu gajo acabámos por fazer as pazes ontem à noite. Portanto nem tudo corre mal - mas a ver se os infortúnios param por aqui, já que eu não quero nem posso faltar mais ao trabalho. Sinto-me inútil quando isso acontece.

jokas

27
Set06

A primeira briga...

Little Miss Sunshine

...tenho de ser sincera, talvez tenha sido eu a começar tudo, talvez não. A manhã foi estúpida, a tarde foi excelente e a noite podia ter acabado bem, não fosse um copo de àgua mal posicionado.

Àgua por todo o lado: telemóveis, documentos, chão, secretária - eu nem sei como é que o computador se safou. Acabei por ter de me levantar da minha caminha, onde eu já dormia a quase sono solto, para poder vir limpar a salganhada que o meu nino fez...

Não o fez de propósito, mas o stress do dia acumulou e eu não levantei a voz mas fui desagradável - e como eu lamento agora tudo o que disse, que apesar de não ter ido por aí além, incluía os termos despassarado e desajeitado.

A culpa foi minha também.. Quem mandou deixar o raio do copo meio cheio encostado ao tabuleiro? Ele, para não me acordar, não acendeu a luz, não sabia que o copo ali estava. Os documentos dele para o VISA também apanharam uma molha.

Resumindo, ele foi lavar a loiça do jantar, e eu fiquei na cama a remoer. Ele não merecia, mas eu explodi. Explodi - a minha falta de contenção é terrível, sinto-me uma miúda às vezes, com tanta imaturidade...

Tentei fazer as pazes quando ele voltou para a cama. Juro que me pareceu ouvi-lo a chorar. Talvez não, talvez tenha sido só impressão minha... Não sei. Ele disse que queria estar em silêncio - e eu respeitei. Ainda pensei que ele me puxasse para si, que me desculpasse, que me perdoasse pelas estupidezes que lhe disse...

Eu não pensei, estava cansada... estou cansada. Vou-me deitar. Em silêncio, para não o perturbar ainda mais. Nunca me senti tão mal.

Jokas. 

25
Set06

Só chagas...

Little Miss Sunshine

É só stresses últimamente, vocès não estão bem a ver!!!  Ontem lavei a minha roupinha branca com vanish e tudo, não é que os gajos que vivem comigo tiraram a roupinha da máquina e meteram-na EM CIMA DA BANCADA SUJA???? E eu estava em casa, era só chamarem-me e eu tirava a porcaria da roupa da máquina...

E hoje? Chego a casa, depois de ter entrado no supermercado às 7 da manhã e depois ainda ir a correr para o segundo trabalho em Stevenage, e a minha loiça do pequeno almoço misturada NO LAVA LOIÇAS com a loiça deles. Nem espaço tenho para lavar a minha loiça, nem nada! Tive de tirar tudo do lava loiças. O que me irrita é que eles mandam as loiças para dentro do lava loiças e querem lá saber se se partem ou não. Por causa disto tenho lascas em quase todos os meus pratos de sobremesa, tigelas e chávenas. (Que raiva!!!)

O meu EX "Manupretu" também voltou ao ataque. A culpa é em parte minha, diga-se de passagem, porque eu lhe devo uns dinheirinhos... Ele irritado com nem sei bem o quê, exigiu-me o pagamento desses dinheirinhos, mesmo em ínicio de aulas, com tantas despesas a caminho... Mas eu não lhe vou dar o gostito de me deitar abaixo. O meu namorado disse-me para eu pagar tudo ao meu ex de uma vez, e acabar com este elo que ainda me prende a ele. Eu concordei, mas quero um recibo. Não quero que daqui a uns meses o sr EX-ecutivo me venha dizer que eu não lhe paguei ou sei lá o quê (estúpido!).

E hoje estou mesmop exausta. Estou a pé desde as 5 da manhã, já estive em St Albans e em Stevenage, horas de autocarro e andar a pé e stress de supermercado que nem tive paciência para ir comprar o arroz que eu não tenho, e talvez jantarzito.

Não me apetece cozinhar - nem sei se o meu príncipe vem com disposição para isso também ou não. Amanhã estamos os dois de folga, o que é bom, mas eu vou mesmo ter de escrever o relatório para apresentar ao meu supervisor da minha tese de fim de ano. Ainda não fui buscar livros nenhuns, apesar de ter comprado um livro sobre Pearl Harbour com CD-Rom e tudo. Excelente!!! Só seis libras... heheheh

É tudo ao mesmo tempo - para a semana estou de férias do trabalho, que calha mesmo bem, porque também é a semana em que as aulas arrancam. Estou um pouco nervosa com este ano, não sei se a minha decisão de fazer a tese foi a mais acertada... Pode ser que sim. Dedos cruzados.

Bem, vou-me arranjar para o meu homem que deve de estar aí a tocar à porta não tarda.

Jokas.

24
Set06

A M&%#A DO MEU COMANDO DA TV DESAPARECEU!

Little Miss Sunshine

Estou furiosa, hein!? FURIOSA!

Onde é que já se viu? Quem lhe deu autorização de desaparecer?

Queria cantar um karaokezito e nem posso mudar a TV para o AV mode. Fonix, Fonix.

Estou mesmo cheia de RAIVA! É a segunda vez esta semana.

GGGGGGGGGGGGGGrrrrrrrrrrrr!!!!

23
Set06

Hoje vou jogar...

Little Miss Sunshine

Comprei um bilhete para o totoloto inglês para a quarta-feira passada e hoje. Claro que na quarta feira não me saiu nada, e hoje de certeza que não vai sair...

Já diz o ditado popular: azar no amor, sorte ao jogo ( ou lá o que é!!!)... e com a sorte que eu tenho tido ao amor, era pedir demais ao meu Santo António que ele me premiasse com um bilhete de lotaria sortudo.

Mas a fé é a última a morrer e eu bem queria começar a pensar em arranjar uma casita. Até porque nunca se sabe, pode vir uma supresa a caminho... Heheheheheh

 

...

Não!!... Eu não estou de esperanças! heheheheh A minha gata é que deve de estar e não vou poder ter os gatinhos aqui nesta casa ( o senhorio matava-me). O meu namorado também está à procura de casa/ quarto nos arredores da minha residência, porque o contrato de arrendamento que ele tinha acaba em menos de um mês.

Eu já lhe disse para ele se mudar para aqui comigo, e ele bem vai trazendo roupita e vai deixando-la espalhada pelos cantos do meu quartito... E já deixou a escovita dos dentes dele também... e não tarde estou mesmo a ver ele chegar de malas e bagagens para se alojar no meu quartinho - algo que não me importaria nada... mas teria de ser provisório, uma vez que eu necessito de muiiiitooo espacito para espraiar os meus livros e as minhas folhas de estudo.

Emfim... Interessa mesmo é que ele não fique muito longe de mim, porque desde que ele entrou na minha vida que eu respiro alegria.

Bem, vou-me arranjar porque hoje trabalho até às tantas (outra vez!).

Jokinhas.

22
Set06

Politiquices...

Little Miss Sunshine

Li o artigo da Aragana com entusiasmo, e achei-o muito bem escrito... mas tenho que ser sincera - eu sou pessimista por natureza, e achei o artigo demasiado pessimista. É certo que para o comum cidadão, a política sempre esteve rodeada de escândalo e corrupção... mas há excepções à regra. A corrupção não se estende a todos e só são corruptos aqueles que o escolhem ser, infelizmente porque é o caminho mais fácil e os tugas nunca foram de seguir o caminho das pedras... A não ser no que toca à inabalável fé religiosa. 

As coisas realmente mudaram desde o 25 de Abril e desvalorizar esse acontecimento é um pouco angustiante... Mas eu respeito o ponto de vista da autora... Mas a não esquecer, muita gente morreu pela causa, muitos estiveram presos e longe da família antes da revolução... É parte da nossa história e identidade. O 25 de Abril não nos deu só liberdade. Deu-nos uma instituição de poder flexível, uma estrutura de evolução que está ainda em optimização. Não podemos esperar que TODAS as coisas apareçam feitas. O país é enorme, por muito pequeno que seja aos olhos da Europa. Temos "n" cidadezinhas que precisam de estraditas e escolitas e coisitas que custam muito dinheiro.

Infelizmente não somos um país de grandes recursos. A começar pelas pessoas que não têm qualquer formação cívica, passando pelos fogos que devastam as nossas florestas ( e que são uma consequência da falta de civismo que o cidadão comum tem), pelos fracassos na nossa agricultura e pelas falências nas nossas fábricas... o que temos para nos dar dinheiro, para poder construir as casinhas, as escolinhas, as estradinhas?

As pessoas gostam de arranjar bodes expiatórios para tudo, e sempre foi assim. A culpa foi do vizinho que deixou a porta aberta e o gado fugiu; a culpa foi da mana que tirou o espelho do sítio; a culpa foi do tio Jaquim porque estava embriagado e foi contra o poste... Na nossa vida do dia a dia, aprendemos a culpar os outros e a não entender a nossa própria culpa presente na nossa inércia, no nosso alheamento da sociedade.

Com a política é isso mesmo que se passa. Eles (políticos) estão lá, nós não. Eles ganham rios de dinheiro, nós não. O que estão eles a fazer? Para o comum cidadão, a resposta seria NADA, porque para o comum cidadão, normalmente alheado da vida política, é mais fácil culpar o governo pela sua própria inércia, a qual muitas vezes não existe na vida política.  Porque a ignorância e a falta de motivação para a mobilização popular se perdeu, o bode expiatório é aquele que tem o poder que nós não temos, o dinheiro que nós não temos e a vida que nós não temos.

A percentagem de presenças nas urnas de voto é uma vergonha. As pessoas preferem ir à praia, viajar, passear o cão a perderem 5 a 10 minutos para irem escolher o lider político que mais defende as suas ideias. Não podemos estar todos de acordo, mas podemos estar 80% de acordo e para mim isso faz toda uma diferença. É parte da nossa identidade votar nos partidos e nas pessoas ou não votar de todo. É parte da nossa identidade querer mais e melhor do que já temos e criticar os outros que têm tudo o que nós não temos mas aspiramos ter.


Enfim... somos um povo contento-descontente. Isso da corrupção e cenas assim há em todo o lado e é normal que nós também tenhamos alguma... mas pelo menos não nos lavam a consciência, como muitas vezes sucede na América ou aqui mesmo, no Reino Unido. Já tentaram gerir um país? Pois, eu também não. Vi o meu pai tentar gerir uma câmara municipal, e acreditem... foi complicado - e ele nem sequer era o presidente! Quanto mais um país.

É preciso mudar atitudes. Quem não está bem, tem o poder de mudar através do seu voto. Quem continua a não estar bem, pode sempre fazer como eu fiz... mudei de país.

Jokinhas.

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D