Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

30
Jan08

Nasceste antes de 1986?

Little Miss Sunshine

Tinha de publicar isto aqui... Este post foi escrito pelo autor do Blog 'uTuga', e esta originalmente publicado aqui!




Nasceste antes de 1986?


Então lê isto... Se não tens...lê na mesma.. Esta merece!!!!! Deliciem-se...


Nascidos antes de 1986!!!

De acordo com os reguladores e burocratas de hoje, todos nós que nascemos nos anos 60, 70 e princípios de 80, não devíamos ter sobrevivido até hoje, porque as nossas caminhas de bebé eram pintadas com cores bonitas, em tinta à base de chumbo que nós muitas vezes lambíamos e mordíamos.

Não tínhamos frascos de medicamentos com tampas "à prova de crianças", ou fechos nos armários e podíamos brincar com as panelas. Quando andávamos de bicicleta, não usávamos capacetes. Quando éramos pequenos viajávamos em carros sem cintos e airbags, viajar á frente era um bónus.

Bebíamos água da mangueira do jardim e não da garrafa e sabia bem. Comíamos batatas fritas, pão com manteiga e bebíamos gasosa com açúcar, mas nunca engordávamos porque estávamos sempre a brincar lá fora.

Partilhávamos garrafas e copos com os amigos e nunca morremos disso. Passávamos horas a fazer carrinhos de rolamentose depois andávamos a grande velocidade pelo monte abaixo, para só depois nos lembrarmos que nos esquecemos de montar uns travões. Depois de acabarmos num silvado, aprendíamos.

Saíamos de casa de manhã e brincávamos o dia todo, desde que estivéssemos em casa antes de escurecer. Estávamos incontactáveis e ninguém se importava com isso. Não tínhamos PlayStation, X Box, Wii. Nada de 40 canais de televisão, filmes de vídeo, home cinema, telemóveis, computadores, DVD, Chat na Internet.

Tínhamos amigos - se os quiséssemos encontrar íamos á rua. Jogávamos ao elástico e à barra e a bola até doía! Caíamos das árvores, cortávamo-nos, e até partíamos ossos mas sempre sem processos em tribunal.

Havia lutas com punhos mas sem sermos processados. Batíamos ás portas de vizinhos e fugíamos e tínhamos mesmo medo de sermos apanhados. Íamos a pé para casa dos amigos. Acreditem ou não íamos a pé para a escola -não esperávamos que a mamã ou o papá nos levassem.

Criávamos jogos com paus e bolas. Se infringíssemos a lei era impensável os nossos pais nos safarem. Eles estavam do lado da lei.

Esta geração produziu os melhores inventores e desenrascados de sempre.

Os últimos 50 anos têm sido uma explosão de inovação e ideias novas. Tínhamos liberdade, fracasso, sucesso e responsabilidade e aprendemos a lidar com tudo.

És um deles?
Parabéns!

Passa esta mensagem a outros que tiveram a sorte de crescer como verdadeiras crianças, antes dos advogados e governos regularem as nossas vidas, "para nosso bem". Para todos os outros que não têm idade suficiente pensei que gostassem de ler acerca de nós.


Isto, meus amigos é surpreendentemente medonho... E talvez ponha um sorriso nos vossos lábios. A maioria dos estudantes que estão hoje nas universidades nasceu em 1986. Chamam-se jovens. Nunca ouviram "we are the world" e a unica versao de 'uptown girl' que conhecem eh a de westlife e não a de Billy Joel.


Nunca ouviram falar de Rick Astley, Banarama ou Belinda Carlisle. Para eles sempre houve uma Alemanha e um Vietname. A SIDA sempre existiu. Os CD's sempre existiram. O Michael Jackson sempre foi branco.


Para eles o John Travolta sempre foi redondo e não conseguem imaginar que aquele gordo fosse um dia um deus da dança. Acreditam que Missão impossível e Anjos de Charlie são filmes do ano passado. Não conseguem imaginar a vida sem computadores. Não acreditam que houve televisão a preto e branco.


Agora vamos ver se estamos a ficar velhos:


1. Entendes o que está escrito acima e sorris.
2. Precisas de dormir mais depois de uma noitada.
3. Os teus amigos estão casados ou a casar.
4. Surpreende-te ver crianças tão á vontade com computadores.
5. Abanas a cabeça ao ver adolescentes com telemóveis.
6. Lembras-te da Gabriela (a primeira vez).
7. Encontras amigos e falas dos bons velhos tempos.


SIM ESTÁS A FICAR VELHO heheheh , mas tivemos uma infância do caraças!!!


29
Jan08

10,000 Passos por Dia

Little Miss Sunshine
No combate ao meu sedentarismo, inscrevi-me num projecto da minha universidade para me manter saudável e ao mesmo tempo perder peso. O projecto chama-se '10,000 passos por dia' e consiste em andar cerca de 10,000 passos contados através de um pedómetro que a universidade distribui gratuitamente.

Entretanto começaram os descontos no ginásio da universidade para o semestre B, e estou a pensar em inscrever-me na piscina. São £38 para usar a piscina de Fevereiro até final de Maio - o que é uma excelente promoção!

Também tenho andado revoltada com a universidade porque decidiram cancelar uma cadeira que eu tinha como opção no segundo semestre só porque não tinham alunos suficientes (Relações Públicas). Supostamente a professora da cadeira não queria ter o trabalho de leccionar a meia dúzia de almas penadas, e eu, que comprei o livro para o módulo, vou ter de o devolver e vou ter de fazer a cadeira de Publicidade - algo que eu não quero fazer porque me limita as saídas profissionais.

Entretanto, vou trabalhar hoje no telemarketing da universidade, porque ontem me baldei para começar a preparar a minha proposta para a Tese que vou ter de começar a escrever durante o Verão. A minha tese vai ser um stress... Nem quero pensar nisso.

Enfim, vou mas é ver se me despacho, porque ainda estou de pijama a esta hora! Não tenho tido horas para nada!...
27
Jan08

Dores de Estômago...

Little Miss Sunshine
Estive mais de cinco horas sem comer, saltei o almoço (mas tomei o pequeno almoço!), só para acabar a comer uma pratada de lentilhas com arroz ao jantar. Bebi dois smoothies (versão portuguesa é igual a 'fruta batida') e desde então o meu estômago não tem parado de me fazer sofrer. Cházinho de funcho, uma volta e meia pelo quarto, respirar fundo, esperar que o chá faça efeito... Esperem... parece que está a resultar...

Estou farta de ter de olhar para o que como, sinceramente. Hoje pesei-me no raio da balança e desde o mês passado até agora, três pares de calças estão-me apertadas, engordei três quilos, e tenho medo de olhar só para um centímetro que seja abaixo do meu queixo. Tenho asas de morcego nos meus braços (ou algo muito semelhante), não páro de me lamentar que preciso de ir ao ginásio, as minhas pernas parecem dois ciprestes - como aquele que está no México (ou aqui) - e ando sem horas para nada.

Daqui a uma semana começa o segundo semestre. Estou ansiosa de começar as aulas, mas ao mesmo tempo estou um pouco reticente. Daqui a menos de duas semanas tenho de escrever a minha proposta para a tese, e são 2,000 palávras. Entretanto, para ajudar mais à crise existêncial em que me encontro neste momento, tenho saudades de casa, estou farta de morar na cidade fantasma (ou será que é aldeia?) de Hatfield, e estou farta de ter de contar os tostões para tudo.

Para piorar, este ano vou fazer 30 anos. Bolas.
Não há condições...



Portanto, das duas uma: ou vivo stressada para sempre; ou como sobremesas, sinto-me bem no momento, engordo dois dias depois, e fico stressada outra vez. Uau... quem fez este cartaz não sabe de nada.
24
Jan08

2 Anos

Little Miss Sunshine

Faz hoje dois anos que faleceu a minha avó materna.


Em memória dela vou fazer a famosa sopa de tomate que ela me ensinou.

Na minha família só eu a sei fazer como ela fazia, e o gostinho é o mesmo.

Espero que ela esteja bem, e a velar por todos nós.



Começo a odiar o mês de Janeiro...

22
Jan08

Atonement/ Expiação

Little Miss Sunshine
Não sei se se lembram do Post que aqui publiquei em tempos idos (Setembro) acerca de um filme que eu fui ver de nome 'Atonement', e que é baseado no romance de Ian McEwan com o mesmo nome. Pois bem, eu estava certa, a qualidade do filme é mesmo excelente... de tal modo que o filme está nomeado para 7 óscares, incluindo o de melhor filme.

Eu devia de ser crítica de cinema!

21
Jan08

Telemarketing

Little Miss Sunshine
Comecei hoje o trabalho na Universidade, a contactar antigos estudantes e a preencher questionários sobre o que é que eles estão a fazer desde que acabaram o curso. Este questionário, parte do chamado 'DELI Project'  faz parte de uma directiva do governo Inglês e é obrigatório para todos os sistemas de ensino superiores.

Eu preenchi o questionário em Novembro passado, e enviei-o imediatamente só para não ter de pensar mais nele. Nunca que passou pela cabeça que esses ditos formulários (bem como todas as pessoas que não os preencheram...) íam acabar de se tornar parte do meu quotidiano profissional. À conta disso posso dizer que trabalho num call-center, mesmo que esse call-centre seja um pouco à pressão (fazemos as chamadas numa sala de aulas localizada na biblioteca grande em College Lane). As demonstrações para a Nespresso também continuam... Viva! Sou uma marketeer em progresso.

Voltando ao call-center, como experiência tenho a dizer que me senti um pouco nervosa de início. Isto de falar em Inglês é complicado já por si, ainda para mais quando estamos ao telefone e nos passam pela cabeça mil e uma imagens, ideias, e pior ainda, PALÁVRAS E GRAMÁTICA TUGA! Mas enfim, ossos do ofício. No final já eu andava a driblar aquilo como se nunca tivesse feito outra coisa, e as pessoas com quem eu falei até foram simpáticas e acessíveis, por isso até agora tem sido bastante interessante.

Para a semana começam as aulas outra vez, segundo semestre. Ando desejosa para saber as minhas notas finais do primeiro semestre. Estou confiante nos resultados - nem eu sei bem como, entre trabalhos, conflitos e saudades de casa (suspiro), foi difícil manter-me motivada. Estas saudades de casa ainda cá andam, mas eu ando mais que ocupada! E esse é o segredo para que o tempo passe depressa... E em Junho logo me vingo, porque apesar de ter de passar o Verão a escrever a minha tese de mestrado, as aulas acabam em Maio e eu preciso de duas semanas de intervalo antes de me lançar às 15,000 palavras.

... e parece que ainda há pouco tempo estáva a despachar uma tese, e já estou me estou a meter noutra! 'Jazuz'!

19
Jan08

Chuva existêncial...

Little Miss Sunshine
Uma semana inteirinha de 'dolce far niente', 3Kg a mais por causa dessa calanzisse, e vontade de ficar assim, letárgica, para sempre. Estou de férias entre semestres. Não sei bem o que fazer com o tempo livre, se bem que agora esse tempo livre está em vias de acabar. Estou permanente na Nespresso UK aos fins de semana!

São boas notícias, e isto vai-me permitir manter em contacto com a companhia, o que quer dizer que há grandes perspectivas de após terminar o Mestrado, esta relação se tornar mais full-time. Entretanto, até Março também estou garantida com o trabalho da Universidade. Ambos são bons para o meu CV, que à conta de tanta experiência ligada a Marketing só me vai favorecer (acho... espero bem que favoreça, com tanto queimanço de pestana frente a livros do tamanho de Biblias!!!!).

Era para ir a casa em Março, mas isto ainda não está como deve de ser, e com mais trabalho à porta (desta vez o do mestrado mesmo), não quero abusar da minha sorte. Assim sendo, mudança de planos. Não há Portugal em Março, mas vão haver duas semaninhas em Junho. E bem preciso de sol na moleirinha, porque tem estado agreste! Hoje então tem sido mesmo do piorio!

Vento, chuva, super desagradável, mesmo bom para ficar em casa no quentinho e deixar os loucos andarem à chuva. Claro que com o tempo cinzento vem a minha melancolia toda à carga. Mas eu já começo a estar habituada a isto. Enfim, não se pode ter tudo. Se eu pudesse ter tudo não estaria aqui, mas sim em Nova York, e não estaria tão desiludida com a chegada para breve (mas não tanto) dos meus 30 anos.

Parece que as coisas começam a não fazer sentido nenhum assim que se põe um três à esquerda. Ando mórbida até, a pensar que se morresse hoje não me teria valido de nada ter andado para aqui a penar, porque não atingi nada de nada, não tenho nada de concreto na minha vida - só mesmo experiência e essa não pode sequer ser considerada como legado aos entes queridos.

Mas cá entre nós, o que me anda a pôr assim não tem muito a ver com a minha vida agora - apesar de eu achar que sim... Está quase a fazer dois anos que a minha avó faleceu. E nesta altura fico sempre um pouco deprimida, a questionar o porquê da existência, sem saber muito bem no que acreditar: se no sentido da vida ciêntífico, ou se no espiritual.

Claro que o sentido espiritual é muito mais interessante de acreditar, mas eu não sou muito de religião ou fé. Sou mesmo daquele tipo de pessoas como o São Tomé... ver para crer... mas também não quero ver porque se vir algo assim isso significa que fui desta para melhor... E não sei, esta coisa de morrer e viver e viver para morrer, não sei mas é demasiado Dantesco para mim!

Enfim... Coisas da vida... ou neste caso, da morte. A verdade é que independentemente de quem formos ou do que fizermos, mais tarde ou mais cedo esse é o nosso destino, e eu pergunto... se não houver nada do outro lado, do que é que valeu andar para aqui com tantas chatices às costas, tantas lágrimas e tanta raiva, e tanta desilusão e tanta tropelia? Se não existe nada do outro lado... então que raio estamos nós para aqui a fazer? Seremos só mesmo um produto da cadeia alimentar? Partículas de Carbono?

Dá que pensar.
 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D