Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

20
Mar10

Perfeito!

Little Miss Sunshine

É oficial... Tenho um trabalho maravilhoso que eu amo, um marido lindo e carinhoso que me ama e respeita (agora bem pertinho de mim também!!), um ninho de amor simples mas muito nosso, e duas famílias unidas que nos amam muito e nos apoiam 'along the way'.

 

Quem diria que a miúda que deixou Portugal há quase 6 anos atrás, é agora uma mulher com responsabilidades, obrigações, mas muito mais amadurecida e extremamente feliz?

 

Estáva longe de imaginar que, ao deixar Portugal, eu ía embarcar numa aventura que já mudou a minha vida para sempre. Muita gente me pergunta porquê o Reino Unido, porque é que eu escolhi um país que está sempre com um tempo deprimente, onde às 3 da tarde já é de noite, e onde se trabalha de sol nascer a sol pôr, 24/7...?

 

Eu respondo sempre com um brilho nos olhos: porque tinha de ser. Porque estáva destinado, escrito, sei lá... Passei tantos anos da minha vida em Portugal a sonhar com Inglaterra, que quando vim de visita foi difícil não gostar do que vi. De facto gostei tanto, que no mesmo ano que visitei o Reino Unido pela primeira vez, também me mudei de  armas e bagagens para cá... e por cá fiquei.

 

Vão fazer 6 anos em Setembro que aqui estou, e tenho que ser sincera, foram tempos difíceis, de luta e batalhas, algumas perdidas outras ganhas. Não quer dizer que nesta altura eu tenha tudo o que quero, mas tenho tudo o que preciso para ser feliz.  E sim, claro que tenho saudades da minha família, dos meus amigos, do meu cão Mr Fritz, da minha tartaruga Pizza, da minha gata Malhada, e de Portugal - estaria mentir se dissesse que não tenho.

 

Mas na vida é mesmo assim, os passarinhos quando atingem idade para saírem do seu ninho são empurrados pela mãe pássara em direcção à liberdade... A minha família nunca me empurrou para fora do ninho, mas eu acho que todos nós chegamos a uma altura na nossa vida em que começamos a ver que há muito mais para fazer e ver fora do ninho, e quando isso acontece, normalmente é quando nos atrevemos a dar o salto entre o que é seguro e o que não conhecemos, em direcção à nossa vida como seres independentes e racionais.

 

Tenho a vida que eu sempre quis, e sei que ainda vêm aí mais desafios pela frente, mas para já estou bastante confortável com o meu meio, as minhas rotinas, o meu presente... E talvez por isso encare a felicidade de uma forma mais aberta, com o coração cheio e sobretudo, sem medos.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D