Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

31
Mar10

Começa a enxurrada de trabalhos para corrigir!

Little Miss Sunshine

E eis que chegámos novamente àquela altura do ano em que por onde quer que me vire, há trabalhos espalhados por todo o chão de minha casa. Para andar, só mesmo aos saltinhos, porque no meio do meu caos, ninguém se entende - só mesmo eu. Gosto mesmo do que faço, mas tenho de ser sincera: esta é a altura mais complicada para mim, a altura da submissão de trabalhos de avaliação para três das cadeiras que estou a leccionar este semestre. Ainda para mais, tenho o curso de formação profissional para acabar (e um trabalho para fazer e entregar já no final do mês), tenho outro curso de formação de professores a começar assim que regressar de Portugal, e esta catrefada de trabalhos para corrigir, notas para lançar... Uffa! Até me falta o ar.

 

Já comecei a marcar alguns, e não estão nada famosos. Um pouco desiludida, já que alguns destes alunos são meus alunos e por isso esperava muito mais deles - especialmente após as direcções que lhes dei durante as aulas.  Começo logo a perguntar-me se a culpa foi minha, revejo as aulas em fast rewind, depois em slow forward... Não! Não pode ter sido culpa minha...! mas então porque é que me sinto culpada...?

 

Talvez porque hoje não fiz jantar - andei de volta destes trabalhos de grupo, a trocar emails entre colegas, e a ver se realmente as notas estão consistentes com o resto das notas dos outros professores. Deixem que vos diga qual é a palavra que o pessoal das universidades aqui do Reino Unido gostam mais: consistência. Têm a sua razão. Quando mais de 500 alunos recebem notas de mais de 5 professores, há que haver consistência.

 

Onde não há consistência nesta altura é na minha casa. Quando podia ter compreensão e carinho, tenho agressividade e falta de entendimento. Depois há a culpa, porque acho que isso tudo acontece porque eu não estou a agir de acordo com as expectativas geradas... Mas com tanto para resolver, digam-me lá se não era tão melhor ter um ambiente em casa semelhante ao ambiente do meu trabalho? Porque lá, apesar dos encontrões volta e meia, pelo menos reina a tranquilidade, e a paz.

 

Só precisava disso mesmo, um pouco de paz. Mas nesta altura parece que o maridão não enterra o machado, e eu não estou com paciência de negociar o que quer que seja. A falta de espaço não ajuda... As incriminações dele também não. A minha personalidade ainda piora a cena. Isto está complicado hoje para o meu lado. E por isso, refugio-me no trabalho para não pensar no quanto estou infeliz. O que é triste, porque depois de tantas lutas e batalhas, depois de tanto sufoco e distância, as coisas entre nós deviam estar tranquilas... mas não estão.

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D