Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

24
Mai10

Mais um passeio lindo...

Little Miss Sunshine

Com o fim das aulas, a correria do trabalho amainou. Se bem que isso me deixa ligeiramente preocupada ( menos trabalho = menos dinheiro), por outro lado deixa-me com bastante tempo para passear e aproveitar estes dias ensolarados - para a frustração de alguns colegas meus. Não há garantias de aterrar num contrato permanente para já, e por isso vou fazendo biscates aqui e ali, tentando ganhar pelo menos o dinheiro das contas.

 

Por outro lado, o maridão passa a semana todinha no trabalho, de segunda a sábado. No Domingo é o nosso dia. Este Domingo esteve um calor muito bom por estes lados (e hoje também está, diga-se de passagem). É digno de menção no meu post porque calor assim é muito raro, especialmente nesta altura do ano. Espero sinceramente que o Verão venha para ficar, porque eu quero é sol, sol, sol e muita luz! Assim sendo, sem excepção à regra, este Domingo fomos passear. Fomos aqui pertinho, já que ele estava cansado e não lhe apetecia conduzir por um longo periodo de tempo. Decidimos ir passear até Saint Albans.

 

 

St. Albans, onde fomos este fim de semana

 

 

Saint Albans (ou St. Albans) fica a 10-15 minutos de onde eu moro. É uma cidade agitada, com uma boa vida nocturna, e um mercado às Quartas e Sábados digno de meter inveja aos mercados móveis que se faziam lá à volta do Barreiro (onde eu morava antes de vir para aqui). O mercado é bom não só pelos preços baixos que se encontram por lá - autênticas bagatelas - mas também pela grande variedade de fruta e vegetais, tudo produzido localmente - e se há alguma coisa que estes 'bifes' sabem produzir bem, é produtos hortícolas! (Também, têm campos de perder de vista, não é para menos!)

 

Depois de engonharmos na cama mais do que deveríamos, saímos às 10h30 rumo à terra vizinha, debaixo de um já calor abrasador. Deixámos a carrinha no parque de estacionamento do Verulamium Park, e lá fomos nós desbravar terreno, que para mim era conhecido, mas para o meu maridão ainda não (afinal ele morou sempre no centro de Londres e pouco ou nada conhece desta vilazinha onde moro desde 2004).

 

Passeámos bastante pelo parque, o mesmo onde eu e a sara vamos correr no mês de Julho pelo Cancer Research UK (já agora, se ainda não doaram nada para a nossa corrida, então ainda estão a tempo de o fazer, basta clicarem AQUI). Acabámos no centro da cidade à hora de almoço, e almoçámos num restaurante italiano que eu já tinha ido em tempos - curiosamente, com a minha amiga Sara também!

 

Um Spaghetti à Carbonara e um Risotto de Cogumelos depois, parámos no Starbucks para ir buscar um Espresso Frappuccino Blended Coffee e seguimos para o centro comercial, uma imitação minúscula do Freeport de Alcochete. Comprei o meu vestido para ir ao Summer Ball, que se realiza na Universidade esta sexta-feira, e onde vou ver Florence and The Machine.

 

No fim das compras, regressámos ao parque, onde nos deitámos à sombra de uma das mil espécies diferentes de àrvores existentes por lá, e descansámos por uma hora. No fim, ainda fomos dar mais uma volta ao lago, comemos um gelado artesanal, e seguimos para casa pouco depois. Foi um dia muito bom, porque pudemos estar juntos longe do stress e da correria do trabalho. Para mim foi ainda melhor porque me tirou do meu ambiente doméstico, parece que agora passo tempo demais em casa, e isso deixa-me meio deprimida.

 

Na verdade estes dias de sol e calor são uma bênção, porque parece que as pessoas andam mais amistosas, e os percalços da vida não parecem um muro de 50 metros, impossível de saltar. Acabamos por passar muito mais tempo na rua do que em casa e só por isso é mais saudável e benigno para nós. Além de que me deixa sempre de bom humor (e com um sono do caraças!).

 

Ficam aí as fotos da praxe: chateia-me um bocado que nestas viagens a dois nós nunca acabamos com uma foto onde estamos juntos e com a paisagem bem visível por trás. Oh well! Não se pode ter tudo, não é verdade? Fiquem bem!

 

 

O maridão à beira do Lago

Um dia perfeito

Eu com a Catedral de St. Albans atrás de mim

A entrada da Catedral, com o maridão lá ao fundo de verde!

Eu dentro da Catedral, à entrada.

Vista do Lago do Verulamium Park.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D