Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

21
Jun10

Preciso de uma mudança... ou talvez só de férias.

Little Miss Sunshine

Já estamos no fim de Junho, e com o fim das aulas - e apesar de ter tido umas semanas um pouco corridas - nesta altura as coisas estão mais calmas. Passo muito mais tempo em casa, já que só me pagam à hora e muito do trabalho pode ser feito pelo computador. Não vale a pena ir até ao escritório porque acabo a fazer muito menos indo lá do que ficando em casa frente ao computador. Neste tempo que tenho estado em casa tenho pensado bastante na minha vida, no futuro, fazendo o balanço de mais um ano que passou. Por esta altura o ano passado eu estáva a mudar-me para o meu apartamento, solteira, ainda atrabalhar como consultora, e sem ideia do que me reservava o futuro.

 

Hoje, um ano depois, estou casada, a morar no mesmo apartamento mas com o meu marido, e a trabalhar como professora -algo que eu sempre quis fazer. Só que não me sinto totalmente bem. Não sei se é a falta de Portugal e do Verão português, ou se é mesmo a minha inactividade presente quando comparada com o stress do ano lectivo... Na verdade acho que são anos a mais de Hatfield, e uma vontade de mudar de ares para uma zona diferente. Não necessariamente mudar de país, mas desde que tenho começado a ir a Londres mais frequentemente, que tenho uma vontade grande de me mudar para mais perto de lá...

 

E agora entendo a razão da minha amiga Sara em querer mudar mais perto de Londres - apesar de gastar tempo a conduzir para o trabalho e voltar, ela está perto de tudo. Londres tem teatros, saídas à noite, coisas para fazer durante o dia e durante a noite. Aqui em Hatfield eu vou para a cama às 22h30, e fico com os olhos pregados no tecto à espera do sono, enquanto o marido já ressona ao meu lado, e  eu vou-me lembrando daqueles tempos em que saír à noite para mim era um ritual quase certo, após a janta, para o café da praxe com os amigos.

 

Pergunto-me muitas vezes se isso é sinal dos tempos... será que estou a envelhecer, e que por isso saír à noite deixou de ser tão necessário?...  Eu que sempre achei que estar entre amigos era importante, mesmo que às vezes isso me deixe meio desconfortável, porque por vezes a minha capacidade de socializar com os outros é estupidamente diminuida quando me encontro com falta de auto-estima;

 

Ou será que isso é sinal de que vivo numa terriola à beira de Londres plantada, e por isso pouco ou nada há para se fazer aqui (tirando ir para o pub, comentar os últimos resultados do futebol com uma cerveja ou cidra na mão - e isso eu recuso-me a fazer...). E depois é o trabalho, que está incerto. O meu contrato é limitado e a minha preocupação também se centra no facto de não ter qualquer vínculo permanente com a universidade, e estar sujeita a um 'bye bye' a qualquer altura... Mas até que ponto me devo eu sujeitar a lamber botas  e deixar de ter vida pessoal só para conseguir um lugar ao sol...? Acho que mereço um pouco mais que isso...

 

E como posso pensar sequer em comprar um carro ou construír família se não tenho uma estabilidade profissional? Será que vale a pena isto tudo? Num país que se prepara para apertar o cinto para tentar gerir o grande deficit, a libra já não está tão forte e eu sinto saudades do sol e do calor... Talvez só precise de férias, mas acho que preciso de uma mudança maior e mais permanente...

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D