Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

26
Jun06

India, vitórias e T.L.C.

Little Miss Sunshine

Eu adoro a cultura Indiana. Acho que é uma cultura linda, cheia de vertentes a explorar, cheia de coisas novas a descobrir. Como sabem, India está para o Reino Unido como Angola está para nós - mas de maneira mais civilizada, eu acho.

Há muitos indianos aqui, todos oriundos de vários pontos da India, todos diferentes em cultura e famílias. Mas a família Indiana é uma grande família neste país, independentemente de onde se vem. Todos têm o mesmo país em comum, e todos se dão mais ou menos pacíficamente.

Por causa da minha relação anterior com um indiano nascido no Reino Unido, eu aprendi muito da cultura e dos hábitos e tradições. Também aprendi um pouquito da língua, se bem que muito limitado.

Duas das minhas supervisoras são Indianas e ontem, depois do trabalho, convidaram-me para um chá na casa delas ( são mãe e filha). Eu aceitei, porquer farta de estar em casa a lamentar a minha vida amorosa estou eu. Passei um momento mesmo muito agradável, experimentei um pouquito da comida típica e depois elas vieram-me trazer a casa.

Convidei-as a entrar (ainda bem que tenho o meu quarto mais ou menos apresentável), e estivemos na conversa por uma boa meia hora até que elas me convidaram para ir a Harrow (Londres) a uma reunião de família. Eu ao príncipio fiquei um pouco na dúvida, família é família. Mas elas insistiram tanto que eu pensei: Bolas, porque não? Se ficar em casa vou andar toda deprimida...

E lá fui eu. Foi muito giro, adorei, super amáveis, fizeram-se sentir muito bem, apesar de falarem pouco inglês... Puseram-me o jogo para eu ficar a par do resultado...

GANHÁMOS!

Bolas, vamos jogar contra a Inglaterra OUTRA VEZ!

Vai ser jogo de sofrimento...

As minhas amigas traduziram-me sempre a maior parte das coisas, comi uma verdadeira Chamuça ( mas não era picante!), e Bahjis de cebola (SUPER PICANTES!), e uns triangulos doces e uma pasta que era mesmo muito, muito boa e eu não faço a mínima do que era.

Quando cheguei a casa era quase meia noite. E eu estava com uma pica do caraças, quem é que me falava em ir dormir? Está quieto... Pois bem... Eu tenho um amigo de trabalho que é meu vizinho. Não sei porquê mas passei o dia todo a pensar nele e ontem no trabalho houve assim uma troca de olhares muito, muito intensa. ( Ele é muito, muito, muito giroooo!!!).

Ele já cá tem vindo a casa e acabamos sempre a noite a ver filmes de Bolliwood, que são longos, intensos mas muito bons - melhores que os filmes de Holliwood. Ah pois é... A minha irmã que sirva de testemunha!

Ele tem uma história um bocado problemática, porque namorou com uma rapariga seis anos, mas ela veio para cá para estudar e acabou por o deixar, deixando-o destroçado. Ele tem uma namorada agora mas todas as namoradas que ele teve não são aquela que ficou para trás, a qual está a tentar voltar para ele outra vez.

Ele deixou a India para vir para cá, para ao pé dela, mas descobriu que ela estava desviada, e ele acabou por ficar por cá apesar das coisas não terem resultado - enfim, uma história do caraças. E ele vinha cá a casa muitas vezes para desabafar e eu ouvia e dava conselhos.

Pois bem, passando à frente... Ontem depois daqueles olhares ele esteve cá em casa. Eu senti isso não sei como, estava cá com um feeling que ele tinha estado aqui, e por intermédio de um amigo arranjei o número dele. Era meia noite quando eu mandei uma mensagem muito simples: Ocupado? Ass. A vizinha.

Ele ligou-me logo, disse que me tinha arranjado um filme e perguntou-me se podia vir cá a casa, porque quarta ele regressa à India, a Jaipur, onde vai ficar de férias por três semanas. Eu disse-lhe que sim (claro), e estivemos na conversa a ver "Bridget Jones" e a rir.

Acabámos por nos depedir em grande estilo... No strings attached! E pronto, acho que estou curada da decepção Martiniana. 

A verdade, verdadinha? Era só o que eu precisava para me sentir como nova. Hoje acordei e está a chover lá fora, mas dentro de mim tenho o sol radiante. Mal posso esperar para ir para Portugal e tostar-me ao sol, passar dias submersa em àgua e rir,rir, rir... Porque a vida é curta e eu já tive a minha parte de tristeza este ano.

Bem, vou indo, tenho de ir pagar contitas e ver se vou buscar o resultado de uma cadeira à uni.

Beijokas!

 

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D