Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

11
Ago04

A teoria do amor moderno ou, se preferirem, porque é que as pessoas se "estatelam" no meio do chão quando se apaixonam e teimam em levantar-se só para poderem repetir a mesma dose.

Little Miss Sunshine
Ahhhh, o amorrrr.... Já deu que falar a Gregos e Troianos, a Romanos, Celtas, Pigmeus, Aztecas, mas dá muito mais que falar agora à moderna Polis que é o nosso Mundo.
Pois é, o amor é lindo. O amor é Cor-de-rosa, azul-bebé, verde marinho, as cores todas do coração reunidas em alegres golfadas de suspiros. O amor é Primavera. O amor é voar sem asas. O amor também é quase cair no chão, mas antes do encontro imediato de terceiro grau com o piso duro e doloroso, é ser agarrado por um príncipe num cavalo branco, existente somente na memória de quem gosta de sonhar alto.
O amor é motivado pelo físico, o físico motivado pelo amor, o amor é também motivado pelo amor e o físico é uma espécie de amor... pelo físico.
Hoje em dia o amor é cair, levantar, tentar de novo. Cair, partir o nariz, levantar, tentar de novo. Cair, partir o nariz e a boca, levantar, tentar de novo... Está-se uma vida inteira a partir pernas, braços, pés, cabeças, mas parece que ninguém aprende e volta a apaixonar-se... Volta a colocar-se em risco em nome de sentimentos nobres, impossíveis de escapar. Tal como uma depressão não se livra de prozac ou xanax, nós – seres de coração pujante e sangue quente – não nos livramos do amor. È um vício na idade moderna, seja de que forma for.


bear.jpg


É o vizinho de cima que espreita a vizinha de baixo a estender a roupa no varal, é o amigo dos nossos filhos que aparece à nossa frente de mão dada com outra menina, é a mana que faz o almoço para não teres de te levantar cedo da cama, é a adolescente com quem cruzamos na praia, completamente coberta por um exemplar másculo e com o peso bem distribuído em cima dela, a sugarem saliva da boca um do outro, é o colega de trabalho que passa a vida a olhar para ti absorto mas que nunca teve coragem de meter conversa decentemente, é a melhor amiga que vai casar com o seu príncipe encantado, são os dois homens desconhecidos no parque que se beijam discretamente... O amor está em todo o lado (“Onde? Onde? É MEU, ai de quem lhe tocar!!!!”), vive em toda a gente (Especialmente quando aquele taxista grita: “ Seu Burro, vai aprender a conduzir para casa!!”), preenche todo o vácuo de realidade (“... e vou casar com ele e ser feliz para sempre! E vamos ter uma casa grandeee... E vinte filhos, todos com os olhinhos do pai!”), distribui felicidade constante (“Buááááá, o M... deixou-me! Buáááá´! Buáááá´), dá prazer (“Desculpem, mas estou com dor de cabeça, não há nada para ninguém nesta secção hoje! Heheeh”)...
O amor do dia de hoje está presente em todas as quedas que tu dás e te levantas. Porque nós gostamos de amar, independentemente do chocolate que comemos... – Hummm... Será por isso que actualmente comemos mais chocolate também? Hehehe...

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D