Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

07
Out06

É um contentamento descontente...

Little Miss Sunshine

  Queria agradecer os comentários lindos que me deixaram - uns mais extensos que outros, uns a puxar mais ao sentimento que outros, mas no geral, todos a dizer o mesmo.

 Eu sei que sou uma egoista - vivi dois anos sem dividir o meu espaço com mais ninguém, só mesmo com a minha gata e ela não chateia muito... (passa a vida a dormir e eu queixo-me mais porque ela não me passa cartão SEQUER do que outra coisa qualquer!)... ... Passando à frente...

Eu não sei fazer uma relação resultar. Eu nem sequer sei o que é uma relação a dois, porque das vezes que tive oportunidade de as ter eu era uma exorcista (passava a vida a mandar e a querer mudar quem estava comigo). Claro que isso foi tudo fruto da minha imaturidade. E talvez essa imaturidade ainda resida dentro de mim.

Não percebo, juro que não percebo porque raio tenho eu de destruir as coisas boas que a vida me dá. Ás vezes parece que não estou bem se está tudo bem, tenho uma necessidade de agitar as àguas (isto é, quando não tenho necessidade de tornar as àguas turvas!!!).

Eu não consigo assentar - se calhar eu vou ser daquelas pessoas que não nasceu para ter um parceiro. Sou muito egoísta. O meu quarto perdeu o meu cheirinho e lá estou eu a tripar. O meu quarto está com roupa espalhada pelo chão e lá estou eu aos berros e a chorar porque não consigo manter nada na ordem, e, pior ainda, não sei onde está nada porque me passam a vida a mudar as coisas do sítio!

Juro que às vezes acho mesmo que estou a dar em maluca. E quando falo, falo, falo e vou à procura de ver as coisas que digo concretizarem-se... mas qual quê!! Nem se lembra, foi como se eu tivesse estado calada a vida toda... (ou pelo menos desde que nos conhecemos).

Não percebo... vem sempre a conversa da barreira da língua, e a barreira da cultura! E a barreira da minha paciência, hã? hã? Pois é! Não há maneira de eu perder o medo se sinto constantemente que estou a pisar terreno minado - e eu não estou a falar do conflito de Caxemira, meus amigos! - isso não é nada comparado com a erupção vulcânica que se dá dentro de mim cada vez que me levanto...

E para somar a isto tudo tenho os trabalhos da uni, a tese para começar a escrever (sim...! O que é que pensam!? Ainda nem sequer comecei... e nem me falem na pesquisa que está em papos de aranha...); as minhas férias do trabalho acabam amanhã, segunda volto ao serviço e para inaugurar a vinda de férias vai ser trabalhar até  às tantas! (ODEIO O MEU TRABALHOOOOOOO!).

E porque nestas férias (uma semaninha apenas) eu tenho andado a fazer ginásio e spa e sei lá que mais para ver se perco as coxas grossas e celulíticas ( e o cu de prateleira! E os pneus michelin! - FDX, venha a plástica!!!), aproveitei para andar atrás do competidor do meu trabalho a ver se me dão um trabalhito mais perto de casa e a horas mais decentes...

E sim, é que nem me ponham a falar disso... Mas também não é preciso, porque eu vou dizer na mesma: Depois de andar quase 2 anos apaixonada pelo ASDA, a comprar coisas no ASDA e a deixar lá mais de metade do meu ordenado por mês, depois de andar desencontrada com os formulários, de perderem os formulários, de me mandarem para o centro de emprego para ir buscar formulários e depois de perderem o MEU FORMULÁRIO - ainda estão a ler isto? LOUCOS! - depois de isso tudo, eis que hoje, finalmente, entreguei o meu formulário e aguardo ansiosamente um contacto positivo.

Caso contrário, "suicido-los!" Sim, porque eu, feita boa samaritana, dei a dica das vagas ao meu housemate e acertem quem arranjou um trabalhito no ASDA!? POIS!

E ainda me dizem que eu tenho tudo para ser feliz!

(eu sei que tenho miga, estou só no gozo...).

Enfim... eu só quero cumprir as minhas tarefas a tempo e sem stress. E mudar de emprego, porque eu não estou nada contente com o ambiente de trabalho do sítio onde estou, e menos ainda das penalizações que impõem aos meus colegas de trabalho, aos gritos e exigências e sei lá o que mais. Desde aquela cena do piercing que eu estou desejando pirar-me de lá. É que no fim do mès são 40 libras de autocarro que eu poupo se ficar aqui ao lado na concorrência!

Queria que não chovesse cada vez que eu resolvo sair de casa ou cada vez que o meu namorado está de folga e nós planeamos ir a Londres...Queria ir mais ao teatro, queria ser mais descomprometida com as coisas do dia-a-dia, queria ser menos egoista, menos responsável, menos poupadora, menos stressadita.

Eeeeehhhhh esta passagem de ano vai estar cheia de resoluções... estou mesmo a ver... e nenhuma vai pegar!

Bem gente, estou farta disto, vou dar um giro, cozinhar comidinha decente para variar, porque hoje foi só fruta, chocolates e as famosas "mince pies" típicas no Natal aqui da zona - que este ano, só para chatear, vai ser passado aqui, a trabalhar que nem uma moura e sem ir a casa.

Quanto mais me exercito mais fome tenho... Nao sei não... 

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D