Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

20
Abr16

Sons

Little Miss Sunshine

image.jpeg

 

Há músicas que me inspiram e me motivam a escrever. Muita da minha escrita começa com uma música, e muitas vezes acaba com a mesma banda sonora. Quando estou triste oiço muita música. Os sons que escolho dependem do estágio de tristeza em que me encontro, mas são ajuda imprescindível, um caminho importante entre as lágrimas num olhar triste e o dançar alegre pela casa, sorriso estampado e coração cheio. Quando estou feliz também oiço muita música. Esses momentos de phone no ouvido ajudam-me a centrar as minhas ideias e a traçar objectivos para o futuro. Não é difícil sorrir num dia de sol, com música a tocar no ouvido e o calor do sol na nossa cara.

 

Ultimamente tenho ouvido muito Coldplay. A voz do Chris Martin sempre foi agradável de ouvir. Curiosamente, muitas das músicas de Coldplay estiveram presentes em momentos marcantes da minha vida, infelizmente nem todos positivos. Mesmo quando era miúda, menina de liceu ainda, abafava as minhas lágrimas na almofada a ouvir o 'By Night' da rádio cidade (quem se lembra? Quem ouvia?). No dia seguinte era como se eu tivesse dado um reset na minha alma e começasse tudo de novo. Esses recomeços são importantes ainda hoje. Fazer um reset de vez em quando dá-me a motivação para seguir em frente e deixar para trás tudo aquilo que faz mal, magoa e não interessa. Ás vezes é difícil aceitar que precisamos de desligar para podermos entender o que realmente importa manter na nossa vida...

 

Por isso, para mim, ouvir música é mais que sentir as notas a vibrar no ouvido. A letra das músicas também me diz muito, e quando há um ponto em comum entre a realidade e a letra, essa criatividade de alguém torna-se parte de nós... Torna-se a nossa banda sonora. E este fim de semana, eu decidi, vou passá-lo a dançar.

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D