Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

06
Mai06

Bolas... Estou com um humor de cão!

Little Miss Sunshine

You know when you were a little kid and you believed in fairy tales? That fantasy of what your life would be –white dress, prince charming who would carry you away to a castle on a hill. You’d lie in your bed at night and close your eyes and you had complete and utter faith.

O Príncipe encantado... estará por baixo do sapo?

Santa clause, the tooth fairy, prince charming –they were so close you could taste them. But eventually you grow up and one day you open your eyes and the fairy tale disappears. Most people turn to the things and people they trust.

 

But the thing is, it’s hard to let go of that fairy tale entirely because almost everyone has that smallest bit of faith and hope that one day they would open their eyes and it would all come true. At the end of the day, faith is a funny thing. It turns up when you don’t really expect it.

 It’s like one day you realize that the fairy tale is slightly different than your dream. The castle, well it may not be a castle. And it’s not so important that it’s happily ever after –just that it’s happy right now. See, once in a while, once in a blue moon, people will surprise you. And once in a while, people may even take your breath away.

Meredith, Grey’s Anatomy

 

"Once in a while"... sei... Há pessoas óptimistas!


 

Opá, se quiserem tradução para isto peçam-ma para o mail que eu traduzo-vos... Mas às vezes há coisas que são mais fáceis em Inglês... Parece que fazem mais sentido. Bem, vou trabalhar. Espero vir mais animada logo, porque tenho o trabalho da uni para fazer SEM FALTA.

beijinhos.

05
Mai06

Um arco-íris de novidades...

Little Miss Sunshine

Tchanããã! - O supervisor da peixaria "fancies" aqui a "je"!  - Isto segundo um dos gajos que lá trabalha...

Tchanããã! - A palma das minhas mãos está toda laranja porque eu esqueci-me de usar luvas quando estava a pôr o autobronzeador nas pernas e nos braços... E NÃO SAI com nada!!!

Tchanããã! - A partir de Junho vou poder trabalhar full-time no meu trabalho! A minha boss falou comigo hoje graças ao - Tchanããã! - Jon!

Tchanããã! - O meu senhorio pediu um depósito para ter a gata cá em casa (£60), a conta da àgua já veio (£60), o anti-virus do computador expira no fim do mês (mais £25), a internet para pagar (£10), a vacina da gata (£30/40) - resumindo... Estou FUCKED! Ainda não recebi e já o meu ordenado está gasto...

E pronto... O meu espírito está pobretanas...

04
Mai06

Adulta... e responsável?

Little Miss Sunshine

 

 

"Remember when you were a kid and your biggest worry was like if you'd get a bike for your birthday or if you'd get to eat cookies for breakfast. Being an adult --totally overrated.

I mean seriously, don't be fooled by all the hot shoes, and great sex, and the no parents anywhere telling you what to do. Adulthood is responsibility.

Hello, talk about responsibility! Kinda makes bikes and cookies look really good, doesn't it? The scariest part about responsiblity is when you screw up and let it slip right through your finger.

Responsibility, it really does suck. Unfortunately, once you get past the age of braces and training bras, responsibility doesn't go away. It can't be avoided. Either someone makes us face it or we suffer the consequences.

And still adulthood has it perks. I mean the shoes, the sex, the no parents anywhere telling you what to do. I mean, that's pretty damn good."

Meredith, Grey’s Anatomy

 

04
Mai06

Chegou o Verão...

Little Miss Sunshine

Oláaaaaaaa!


Antes de tudo, um beijinho à Aragana. Tem vindo bisbilhotar aqui o meu blog quase diáriamente e deixa sempre um beijinho com um comment... Merci!


Hoje comprei sardinhas para o jantar! E melancia! E está um calor que nem se pode. Tenho as janelas do meu quarto todas abertas porque isto está mesmo demais... Neste país ou é oito ou oitenta! ( Foi o dia mais quente do ano até agora, disseram nas notícias! Ahahaha - pudera, não deve de ser difícil tendo em conta que acabámos de saír do Inverno! DUH!!!) Nem uma brisa - mas já vai chover hoje à noite! BOLAS!

 Assim que cheguei do trabalho meti-me logo de calções e top, pus as batatas a cozer e sal nas sardinhas. Já avisei os meus housemates para prepararem um filtro de ar... É que vou grelhar as sardinhas na cozinha e mesmo de janelas escancaradas, a casa fica sempre a cheirar a peixe insuportávelmente ( eu sei, porque fiz choquinhos grelhados no outro dia para o almoço e no dia seguinte ao jantar a casa ainda cheirava a chocos... hehehehehehe)

St Albans cathedralMas ontem... bem ontem tive uma das noites mais sofisticadas da minha vida. Um grande amigo meu inglês sentiu que eu precisava de me divertir e então foi-me buscar ao trabalho. Estava um dia como hoje mas não tão nublado e fomos a pé até St Albans. Estivemos a ver a Catedral (é LINDA, by the way) e abancámos num banquinho no jardim adjacente - que até tem um caminho romano!!! Estivemos à conversa até que decidimos ir à cata de comida. Acabámos por ir ao Lloyds, que é um pub sofisticadíssimo, mesmo muito posh. Estavam a tocar jazz ao vivo na ala do restaurante, onde eu comi o típico "fish and chips" com "mushy peas" e ele comeu uma perna de "gamon" com puré de batata e vegetais cozidos, à luz de velas e com uma conversa de alto nível (pouco comum de um inglês, digo já!!! - mas se ele não fosse um inglês especial ele não era meu amigo...)!

Acabámos a noite no O'Neils - um pub irlandês - a beber um baileys e a ver um bocadinho de apanhados do futebol. Só que eu já estava cansada e queria ver se começava a trabalhar no raio de outra "Essay" para história - nunca mais acabam! - e então fomos para a paragem do autocarro. Resumindo, o autocarro chegou tarde, só parava no Galleria Outlet Centre e eu tive de andar o caminho todo daí até casa, depois de um dia intenso de aulas que não tive, depois de ter estado o dia todo de pé no trabalho, e de ter andado aquele caminhozorro todo até St Albans!!!

Por isso é que me doíam as pernas, mas mais a bacia de lado. Ainda me dói. Acho que devo estar com um problema de ossos qualquer!

Hoje de manhã fui trabalhar a coxear mas já estou melhorzita. O meu supervisor esteve o dia todo a perguntar-me como tinha sido a minha noite - acho que ele se sentiu afectado porque viu que eu era bem tratada por outras pessoas e não precisave dele pa nada ( o que até é verdade!!!)... Antes de se ir embora veio ao meu balcão ( eu estava no serviço de apoio ao cliente) só para me mostrar os calçõeszitos e as pernitas lindas dele... (suspiro) O gajo é mesmo giro... inteligente... gémeos ( e por isso, logo um desafio constante)... Bem... Tenho que desviar estes pensamentos. Amanhã sou capaz de ir saír com os tugas, mas ainda não sei - eu ando-me mesmo a baldar aos trabalhos da uni e não pode ser!

Bem, vou fazer o jantar e depois vou ver se trabalho um bocadinho na minha essay... Jokinhas!

 

 

03
Mai06

Há dias assim...

Little Miss Sunshine

Hoje não tive um minuto de descanso! A correr para a aula que não tive, a correr no trabalho sem parar de um lado para o outro, e no fim, um serão de Jazz à luz de velas com um jantar de meter inveja ao melhor "Chef" do mundo... E mais não digo.

Amanhã eu explico tudo, que hoje estou cansada e a coxear...

Beijinhos!

02
Mai06

Traços familiares

Little Miss Sunshine

Herdei as olheiras da minha avó Vitória. O cabelo é da minha mãe. Acho que o facto de ser inteligente vem da parte do meu pai, bem como a capacidade de gerir o dinheiro bem. Claro que às vezes me dou a extravagâncias, mas é só de vez em quando. Da minha mãe herdei a capacidade de apertar o cinto quando o saldo da conta corrente atinge níveis pouco auspíciosos - mas não negativos - o lado do meu pai não permite isso!

Os meus dedos fazem lembrar os do meu avô Lomelino. E os meus olhos também, bem como a minha obstinação em fazer tudo o que me apetece sem medir muito as consequências. Tal como a minha mãe no passado fez, também eu larguei o tabaco em dois dias... já lá vão três meses e picos - desde que a minha avó morreu que nunca mais peguei num cigarro.

A minha natureza branda vem do meu tio Zé, que morreu aos 40 anos com cancro do pulmão - era eu pequenininha ainda. Para mim, tal como era para ele, a família é tudo e eu ainda ando na procura incessante do meu grande amor. Ele sempre quis ter filhos, diziam os meus familiares. Ele nunca os teve - mas teve o grande amor dele, apesar de não ter terminado os dias ao lado dessa pessoa...

A minha generosidade vem do meu tio-padrinho. Ele ensinou-me também a gostar de Mateus Rosé. Nunca tive a oportunidade de lhe dizer obrigado. Foi sempre ele a dar-me as prendas de Natal que eu sempre sonhei, mas que sempre achei impossível ter.

A minha mão para a culinária vem da minha avó Vitória, mas também da tia Náná, irmã da minha avó Gena. De uma herdei a capacidade inventiva para fazer pratos tradicionais, de outra herdei a capacidade de fazer os doces de época ( Natal, Páscoa, etc).

 

É que nem vou falar dos meus defeitos...

 

 

Com tanta mistura, não admira que eu seja um ser tão complexo!!!

01
Mai06

Estados de Espírito...

Little Miss Sunshine

"If" by Rudyard Kipling

If you can keep your head when all about you
Are losing theirs and blaming it on you,
If you can trust yourself when all men doubt you,
But make allowance for their doubting too;
If you can wait and not be tired by waiting,
Or being lied about, don't deal in lies,
Or being hated, don't give way to hating,
And yet don't look too good, nor talk too wise:

 

If you can dream - and not make dreams your master,
If you can think - and not make thoughts your aim;
If you can meet with Triumph and Disaster
And treat those two impostors just the same;
If you can bear to hear the truth you've spoken
Twisted by knaves to make a trap for fools,
Or watch the things you gave your life to, broken,
And stoop and build 'em up with worn-out tools:

 

If you can make one heap of all your winnings
And risk it all on one turn of pitch-and-toss,
And lose, and start again at your beginnings
And never breath a word about your loss;
If you can force your heart and nerve and sinew
To serve your turn long after they are gone,
And so hold on when there is nothing in you
Except the Will which says to them: "Hold on!"

 

If you can talk with crowds and keep your virtue,
Or walk with kings - nor lose the common touch,
If neither foes nor loving friends can hurt you,
If all men count with you, but none too much;
If you can fill the unforgiving minute
With sixty seconds' worth of distance run,
Yours is the Earth and everything that's in it,
And - which is more - you'll be a Man, my son!

Rudyard Kipling (1865-1936)

 


 

 "Mary J Blige - No More Drama"

So tired, tired of these drama
No more, no more
I wanna be free
I'm so tired, so tired



Broken heart again
Another lesson learn
Better know your friends
Or else you will get burn
Gotta count on me
Cause I can guarantee
That I'll be fine



No more pain (no more pain)
No more pain (no more pain)
No drama (no more drama in my life)
Noone's gonna make me hurt again



Why'd I play the fool
Go through ups and downs
Knowing all the time
You wouldn't be around
Or maybe I like the stress
Cause I was young and restless
But that was long ago
I don't wanna cry no more


No more pain (no more pain)
No more game (no more game messin with my mind)
No drama (no more drama in my life)
Nooone's gonna make me hurt again
No more tears (no more tears, I'm tired of cryin everynight)
No more fears (no more fears, I really don't wanna cry)
No drama (no more drama in my life)
I don't ever wanna hurt again
Wanna speak my mind, wanna speak my mind



Uh, it feel so good
When you let go
Avoid these drama in your life
Now you're free from all the pain
Free from all the game
Free from all the stress
So find your happiness
I don't know
Only God knows where the story ends for me
But I know where the story begins
It's up to us to choose
Whether we win or loose
And I choose to win



No more pain (no more pain)
No more game (tired of your playin' game with my mind)
No drama (no more drama in my life)
No more, no more, No more, no more
No more tears (no more tears, no more cryin every night)
No more fears (no more waking be up in the morning)
No drama, no more in my life



No more drama, no more drama
No more drama, no more drama
NO MORE DRAMA
NO MORE DRAMA
NO MORE DRAMA
NO MORE DRAMA
NO MORE DRAMA
No more drama in my life
So tired, tired of these drama

Pág. 4/4

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D