Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

23
Out17

Número ímpar...

Little Miss Sunshine

self-love.jpg

 

Os dias vão passando tão rápido, como àgua do mar entre os dedos. Mais um Verão veio e se foi, a escola/universidade que recomeçou, aos poucos os corredores foram-se enchendo de pessoas jovens que falam e riem, malas nos ombros ou à tira-colo, cadernos na mão e um futuro pela frente. De um mês para o outro o trabalho intensificou-se. De repente, surgem viagens para fazer, novos horizontes e novas parcerias, novos projectos profissionais e pessoais... A vida corre depressa, sem pedir licença. Andamos sempre para a frente, mesmo quando achamos que estamos a andar para trás, por isso olhar para trás está fora de questão.

 

A minha caminhada por esta vida, com as minhas filhas pela mão, tem-me ensinado que quando estamos sózinhos somos muito mais fortes. Todos os dias o ginásio também me ensina isso, que os limites estão muitas vezes na nossa cabeça e que é o nosso medo que nos impede muitas vezes de levar tudo à frente, como tem de ser.

 

Sózinhos podemos escolher o nosso caminho melhor, sem perder o foco, o centro, o equilíbrio. Egoísmo, dizem uns... ...mas se fosse egoísmo talvez eu escolhesse um caminho mais fácil que o meu. Deixar o coração sentir o que quer que seja está fora de questão. Bloqueio-te, estou sem tempo para o amor... há sempre problemas que sempre vêm com as emoções... E o tempo passa, a correr, sem pedir licença...e o que seria de mim sem os pequenos fragmentos de ti na minha vida? Porque o nosso coração nem sempre é simples. E amar nem sempre se resume a uma matemática de resultado par...

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2004
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D