Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

E o céu azul brilhará...

Diário de uma académica portuguesa em Londres

18
Jan12

Um bom Ano de 2012

Little Miss Sunshine

A minha vida está caótica, com o final do semestre e uma pequerrucha para cuidar sobra-me pouco tempo para cá vir. Tenho andado a corrigir os últimos trabalhos de duas cadeiras, e a preparar as aulas para o próximo semestre. O Natal e a passagem de Ano foram mesmo por estas bandas pois em termos financeiros isto não está bom para ninguém... Mas penso que tudo esteja a caminhar para melhor agora, com mais propostas de trabalho extra pela frente e uns projectos pessoais também.

 

Ando a pensar em fazer um PhD (doutoramento), mas para já só tenho ideias na minha cabeça - nada de concreto. Para poder evoluir na minha profissão um mestrado já não é suficiente e por mais especializações que se façam (ou cursos profissionais que se tirem), para ser professora universitária aqui já não basta ter só a vocação e a dedicação.

 

É mais um desafio para o qual eu terei de me preparar poi sei que não vai ser fácil. Se o fecho de semestre já está a ser um caos total, então nem quero imaginar com uma pesquisa extensiva à séria... Estou também tentada a escrever um artigo académico sobre B-Learning, uma vez que vai fazer 3 anos que estou envolvida num programa académico desse género como coordenadora. Vai haver uma conferência em Junho e gostava de poder participar dela e apresentar a minha contribuição...

 

Tudo vai depender da minha capacidade de gerir o meu tempo. Infelizmente parece que com a minha nova capacidade de mãe perdi um bocadinho a noção do que é ser organizada, metódica, e acima de tudo, eficaz. As coisas agora demoram mais do dobro do tempo a serem feitas e sem ajudas familiares por estes lados, torna-se mesmo complicado. A casa é pequena demais para me fechar num quarto a fazer o que tenho de fazer, e não posso estar muito tempo longe porque ainda dou de mamar (e quero continuar a fazê-lo por muito mais tempo), o que quer dizer que nas alturas do miminho lacteo o meu marido não me pode substituir.

 

Por isso acabo muitas vezes a trabalhar à noite, até altas horas da madrugada, para dar resposta aos emails, e ás coisas que preciso mesmo de fazer, como corrigir e avaliar trabalhos, e responder aos meus alunos, colegas e chefes.  Portanto não me espanta quando hoje tentei entrar aqui no blog, e como já não o fazia há algum tempo, nem me lembrava da password. Ando cansada, despassarada e a precisar de férias. Tenho de me aguentar até à Páscoa... Bem, venha ela!

06
Mai10

Dia de eleições

Little Miss Sunshine

 

 

 

Hoje vota-se por estes lados. Eu, como cidadã europeia, não posso votar para o parlamento, mas voto para o poder local. Já cumpri o meu dever de cidadã, e sem sair de casa!! Aqui, podemos votar de casa - sim, é verdade. Depois de nos registarmos, e sempre que hajam eleições, eles mandam os papelinhos para casa, com os respectivos envelopes. Depois de os receber, é só votar, colocar o voto no envelope e depois enviar de volta.

 

 

Eu acho que é o máximo, porque para mim é mesmo conveniente. A minha vida é super corrida e eu não tenho muito tempo para sair do trabalho e exercer o meu direito de voto numa urna. Desta maneira acho que eles também eliminam em muito a percentagem de abstenção... Uma ideia para Portugal seguir...? Quem sabe!

 

Entretanto hoje também tinha uma conferência de Learning & Teaching. Tinha, porque não fui. Não sei o que se passa comigo esta semana. Ando sem vontade para nada. Não me apetece ir ao supermercado, não me apetece ir comprar o vestido para uma cerimónia que vou ter amanhã, não me apetece ir à cerimónia amanhã, da mesma maneira que não me apeteceu ir à conferência hoje... Bolas, não me apetece nada!! Só me apetece ficar em casa, no silêncio, a contemplar as nuvens a passar da minha janela.

 

Pessoalmente, acho que isto é SPM/TPM com toda a força... Para ser sincera, não...! Nem acho que seja isso o meu maior problema. Estou meio desmotivada, cheia de saudades de Portugal... E ando mesmo preguiçosa, no sentido em que passei os últimos 2-3 meses sempre a 200 à hora non-stop, e agora que as aulas acabaram e o contrato da consultadoria vai de certeza acabar para o mês que vem, parece que atingi um estado de exaustão (e prostração) tal que não me aguento... Só me apetece ficar esticada na cama, o que não é nada bom, porque sabendo de antemão que a minha situação laboral precisa de um empurrãozinho e por isso eu preciso de estar presente em tudo quanto é evento só para conseguir uma oportunidade (mais), o último sítio onde eu deveria ficar mesmo é em casa.

 

Estou até com um bocado de medo, porque não quero passar o Verão a contar tostões, queria fazer algo especial em Junho, no dia dos anos do meu marido e depois em Agosto, no dia dos meus anos. Mas fazer o quê...? Tenho de ter fé no futuro e acreditar que tudo vai correr bem, independentemente dos percalços que por aí venham. Mas acima de tudo, tenho de controlar esta vontade grande de largar tudo pela metade e refugiar-me em casa, porque eu não sou nada assim. Não há razão para começar a ser assim agora...

28
Out08

Não posso mais lutar assim!

Little Miss Sunshine

Parece que na minha vida eu tenho de lutar para ter um lugarzinho ao sol, mesmo que pequenino! O meu colega que trabalha aqui comigo e eu estamos numa luta desenfreada para conseguirmos a vaga de professor de Marketing que abriu recentemente, só que ele tem os contactos todos (menos a experiência) e eu tenho a experiência toda (menos os contactos)...

 

Como as coisas aqui funcionam mais ou menos por cunhas, eu estou a ver a minha vida a andar para trás. Eu nunca fui muito de 'network around', e por isso quase passei despercebida no meu mestrado (não fossem as minhas notas serem tão boas, ninguém saberia o meu nome até hoje!)...

 

Os meus profs antigos ou me snobam ou me ignoram, nenhum realmente me conhece e o único que realmente me conhecia vôou de volta ao Brasil... E pronto, como não me acho capaz de me bater pela posição, acho que a vou perder e nem sequer fomos chamados tão pouco... E ainda há a vaga de 'lead researcher' para preencher, mas cujo ordenado não é tão bom (apesar de já não ser mau)...

 

Começo a ficar desiludida de estar aqui a trabalhar até porque a noção que eu tenho é que só faço porcaria, que nada me corre de feição e que qualquer passo que eu dê para levar a minha carreira mais além parece que é tão custoso, como se eu tivesse correntes com bolas de chumbo  atadas à volta dos meus pés.

 

Estou farta de ter de batalhar por tudo porra. Nem uma casa minha tenho, nem carro, e a minha situação profissional não me anda a deixar satisfeita por nada... É uma merda isto!

 

No fim do mês de Novembro tenho uma gala com jantar em Londres (pelo trabalho) em que tenho de levar um vestido de noite... É só gastar dinheiro... E não vejo nada a entrar... Um pouco de reconhecimento já me deixaria satisfeita... Passo horas enfiada aqui no escritório, sem almoço decente, sem nada... Já engordei não sei quantos KG, só me apetece chorar, porque o meu gajo não entende nada destas competições - é um inexperiente...- e ninguém mesmo compreende o stress a que eu estou sujeita só por querer ter uma carreira digna...

 

Estou tão em baixo que só me apetece ir para casa, aterrar na minha cama e chorar horas a fio. A vida não é justa! Parece tão fácil para uns, porque raio tenho eu de lutar para ter TUDO!??

 

Só quero voltar para Portugal. Começo a pensar que ficar aqui mais um minuto é um erro.

Alguém precisa de uma Gestora de Marketing (Online/Web) por aí (terras lusas)???

 

01
Set08

Só 6,000?????

Little Miss Sunshine

Não posso mais... É só palávras à frente dos meus olhos, e quando tiro os olhos do ecrã do computador, as palavras materializam-se na mobília, TV, paredes, janelas!!!... Juro que esta tese me há-de deixar cega a continuar assim.

 

Hoje, levantei-me, tomei o pequeno almoço e sentei-me à secretária... Não tirei o pijama, não lavei a cara, escrevi sem parar, almocei às 3 da tarde, cantei duas músicas em karaoke improvisado no laptop, continuei a escrever, encomendei uma pizza para o jantar, levantei-me da cadeira com a minha parte traseira já feita em quase cubo, abri a porta ao gajo da pizza, estiquei as ligações, comi a pizza, continuei a escrever - mas com menos intensidade - e agora estou para aqui a contar as palávras e só tenho 6,000 escritas??? Estou frustrada, irritada, chateada e preocupada...

 

Se se lembrarem de mais algumas palávras a acabar em -ada, acreditem que eu correspondo a todos os seus sinónimos...  incluíndo 'estou tão cansada' que a minha família tão bem conhece dos meus tempos como assistente de passageiros no aeroporto de Lisboa (ahhh bons tempos em que os únicos sobressaltos da vida eram mesmo os mais simples de resolver!)...

 

Bem, o melhor é voltar para a tese. Tenho de escrever 10,000 palávras numa semana - vai ser bonito vai!... Mas está quase. E depois disto, só mesmo o trabalho.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2004
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D